sexta-feira, 22 de junho de 2007

Uma visão da Estação Férrea



Outrora majestosa, outrora sinal de progresso para o povoado de São Thiago. Hoje, apenas um prédio abandonado, assombrado pelos fantasmas do passado. No entanto, a antiga Estação Férrea da RFFSA não perde o seu charme como cartão postal de Santiago, seja observado por qualquer ângulo. Atualmente, a Prefeitura está reformando o local, com o propósito de criar um centro cultural. Boa iniciativa.

3 comentários:

Anônimo disse...

Que saudade do meu Querido e Grande Santiago, valeu as fotos e comentários da nossa Terra. Estou em Manaus mas nunca deixarei de amar e cultivar nossa cultura.

Rogério Rodrigo

Marco Seifert disse...

Houvi tantos contos por parte de minha mãe, Isa Marina, santiagüense, quando vinha passar as ferias na fazenda da Vo Elvina Dornelles Estivallet, quando pequena. Usava-se o trem, saindo de Porto Alegre. As vezes o trem ia tão devagar, que dava pra descer e voltar no vagão sem fazer muito esforço!
Realmente pena (ou uma vergonha?) que acabaram no Brasil, pais imenso, com as estradas de ferro.
Marco Seifert

J. Batista(tita) disse...

Voltei ao passado, para mim que sai de Santiago há mais de 35 anos, bate a saudade. Muito bom o trabalho do Márcio. Lembrei dos trens e período em que fui funcionário da Coop, Tritícola, das pescarias, Colégio Estadual e o tempo em que jogava no time do Ferroviário. Dá vontade de voltar.